Rosa para rainhas consortes

Falei rapidinho aqui sobre o Rose 4 Reines (L´Occitane), mas acontece que é necessário alongar o papo acerca de, afinal tenho bebido muito esse perfume nos últimos meses.

Quando não sei o que usar, vou nele. Quando a cabeça dói, vou nele. Quando quero algo delicado, vou nele. Quando tá frio, vou nele. Quando tá calor, vou nele. Quando quero rosas de montão, bão, você já sabe.

Composto por óleos essenciais de rosas de Grasse, búlgara, marroquina e turca, o bonito traz ainda toques de sândalo e almíscar. E é o que temos. 

Extra-oficialmente, se diz que Rose 4 Reines tem também violeta, cassis, groselha e bergamota na saída, além de cedro, heliotrópio e noz-moscada na base. 

Eu estaria mentindo se dissesse que não sinto o cassis e a groselha. Sinto bem, e isso torna a fragrância ainda mais rica e quase suculenta nos primeiros minutos. Noto de leve o frescor da bergamota e o aconchego do cedro. Não percebo a violeta (ufa!), nem o heliotrópio e muito menos a noz-moscada. Mas garanto que nenhuma dessas notas apaga as rosas. A rainha das flores é a diva da coisa toda.

Super floral, Rose 4 Reines consegue ser fresco, orvalhado, orgânico, limpo e suave, e tem um toquinho aveludado marotíssimo. Tem lá um docinho não sobremesístico que dá sabor ao todo. E tem cheirinho de caule junto. Há quem sinta sabonete de rosa, hidratante de rosa e até uma certa sujidade. Eu não. Eu percebo um toque de mel conforme o perfumino aquece a pele. Amável que só, Rose 4 Reines é um roupão de fleece, é quase um colinho de mãe.

Um tempo atrás enxerguei uma pitadinha retrô nele (que não tinha a ver só com o frasco). Hoje percebo que precisava de óculos. Rose 4 Reines é atemporal. 

Uma curiosidade: esse perfume foi inspirado nas quatro rosas preferidas das filhas de Raimon Bérenger V, conde de Provença, na França. Reza a lenda que as jovens Marguerite, Eléonore, Sancie e Béatrice, que viveram no século XIII, se casaram com reis e se tornaram as quatro rainhas de Provença, comandando os quatro reinos europeus mais cobiçados da época (França, Inglaterra, Cornualha e Sicília). Daí o nome do perfume: (traduzindo) Rosa 4 Rainhas

Pra mim, esse perfume tá mais pra princesa do que pra rainha, mas tudo bem. Talvez tenha algo de rainha consorte nele, o que até bate com os conceitos (pra quem não sabe, rainha consorte é "apenas" a esposa do rei, e ela não exerce poder de Estado, só detém um título de cortesia, ao contrário da rainha reinante). Não vejo em Rose 4 Reines uma monarca que exerce os poderes de um governante, entende? Esse perfume é delicado demais pra isso.

No mais, eu percebo na palavra Reines/Rainhas uma clara referencia à rainha das flores também, mas aí já é viagem minha (ou não).

Comentários

  1. Haha...tomei uma baita aula contigo hoje...HISTÓRIA GERAL (uma das matérias que mais gostava)....

    Me senti uma princesa, obrigada! E esse perfume já esteve tantas vezes em minhas mãos....quis, desisti, tava caro....deixei para lá....e a "DANADA DA VAN", me adoçou os sentidos....lá vou eu lá cafungar novamente.....

    Van tenha uma sexta linda! Cheirosa, doce, fresca, amável e feliz!
    Beijo grande
    Malú

    ResponderExcluir
  2. Malú, menina, esse perfume é uma belezinha. Eu demorei pra catar o meu porque o preço me assustava. Um dia tomei coragem e fui. E não me arrependo. Pra quem curte rosa é o que há.

    ResponderExcluir
  3. Oi Van
    Li seu blog inteiro e me encantei com a descrição dos perfumes...
    Você é uma poeta dos aromas...kkkk
    Não tenho nenhum perfume importado...me contento hoje com Egeo tradicional do Boticário.
    Como faço para comprar miniaturas...
    Você conhece o Amarige ?
    Abraços
    Julia - montealtonet@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Julia, bonita, obrigada. Miniatura eu costumo catar no eBay ou compro junto com algum frascão na Fragrancenet e na Fragrancex. Amarige é o preferido da sogrona. Floralzão ame ou odeie ele.

    ResponderExcluir
  5. Olá Diva! Venho humildemente aos seus pés pedir a resenha (se possível, claro) do Rose Imaginaire de Roger and Gallet. Ando muitíssimo interessada nele. Diz q siiiim, please!!!

    ResponderExcluir
  6. Sou uma criatura de 21 anos com míseros 1,50 de altura e que frequentemente é alvo de comentários maldosos por causa disso. "VINTE E UM? Jurava que você tinha 15!"

    Passei a vida fugindo do estereótipo de "princesa" por que é isso que eu naturalmente pareço e que eu odiava parecer, detesto até hoje quando qualquer pessoa me chama por diminutivos... Mas eis que aí surgem os perfumes na minha vida e me dão um tapa na cara: eu adoro um cheirinho de princesa e não me sinto plenamente confortável com os cheirões de rainha.

    Que há de se fazer? Visto o personagem e boto um perfume de rosas com uma saia godê e vou feliz da vida rodopiando com bochechas coradas do sol. E é nesses momentos que o Rose 4 Reines me cai como uma luva.

    ResponderExcluir
  7. Déia, bonitona, se eu descolar uma cafungada prometo que falo tudinho. Sou doida pra conhecer vários perfumes deles. O problema é botar o nariz neles por aqui, viu? Eu nunca vi tester cá por estas bandas (só vendem os perfumes lacrados). Mas vou ficar de olho.

    Ana, somos duas. Não sou rainha nem aqui e nem ali. Tô beeeeeeeeeeem longe de ser uma princesinha também (disso só tenho o inha - 1,60m rulez!), mas me identifico mais com essa pegada olfativa.

    ResponderExcluir
  8. Van, não tenho nenhum perfume baseado em rosas, embora tenha gostado de todos os que eu experimentei. ACho que preciso consertar isso na minha coleção!

    ResponderExcluir
  9. Oi Van...
    Não entendo nada de perfumes e sei também que gosto é muito pessoal, porém gostaria de alguma indicação de algum perfume fresco, porém feminino e marcante (pode ser levemente adocicado)...
    Abraço
    Julia

    ResponderExcluir
  10. Oi Van, voltar aqui é uma tentação....

    Vim te contar que semana passada experimentei uma amostra que tinha aqui = Rose The One EDP - Dolce & Gabbana....rosa búlgara, peônia, groselha negra, almíscar....é fresco, requintado, romântico, um perfume de rosas...não tão doce, senti-me uma princesa....luvas brancas, vestido rodado e rendado, chapéu e leque, sentada em um belo jardim de flores, frescas e coloridas....

    Daí lembrei da Van....e tive que voltar para compartilhar....

    Beijo querida, semana linda para ti.
    Malú

    ResponderExcluir
  11. Julia, fresco marcante é um pouco difícil de encontrar, saca? Ou ele é bem fresquinho ou é marcante. Suuuuper fresco and marcante conheço nenhum. Mas alguns trazem uma certa frescura a ser notada (lê-se: fazem bonito no calor e não passam despercebidos): Eaudemoiselle %u2013 Givenchy (floral com pegada chiquetosa), Parfum D´Été %u2013 Kenzo (floral verdinho), 212 %u2013 Cartolina Herrera (é batido, mas é lindo pro dia a dia), I Love Love %u2013 Moschino (chá com limão nada sem graça), Love in Paris %u2013 Nina Ricci (floral luminoso e versátil), Pleasures %u2013 Estée Lauder (floral verde lindão), Un Jardin En Méditerranée %u2013 Hermès (figo maravilhoso). Já falei sobre todos eles aqui no blog, viu? Se joga, bonita!

    Malú, o Rose ainda não consegui cafungar. Ele sempre me pareceu delicinha mesmo. Agora fiquei com mais vontade de botar o nariz nele.

    ResponderExcluir
  12. Oi Van, acho que nunca comentei aqui embora esteja sempre te lendo kkk Mulher, que tudo suas resenhas!!! Me sinto num papo divertido kàs amiga ;)
    Esse perfume, pra quem curte rosas, é um tudo mesmo! Só acho que podia ser um cadin menos linear (em mim, era super!!!), acabei trocando pq não aguentei passar da metade do frasco... embora isso possa só ser reflexo do comportamento infiel mesmo kkkk Se vc tiver mais indicações de rosas frescas e boas pro calorão que se vem chegando, fico gradícida desde já ^^

    ResponderExcluir
  13. Luciana, thanks e thanks! E, de fato, ele tem uma pegada linear que pode cansar sim. Por sorte, ainda não cheguei lá (e espero nem chegar rs).

    Em relação à rosa fresquinha, amo/sou Chloé Rose. Tem também o Encre Noire Pour Elle, que é mais delicado do que fresco, e tem o Kelly Calèche EDT, que é rosa fresca com couro (sublime ele!). Já falei sobre todos eles aqui no blog. Nenhum tem a vibe do 4 Reines, mas são deliciosos. Dizem que o Paul Smith Rose é bem fresquinho, mas esse eu não consegui cafungar ainda.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo? Se joga!
Com classe, por favor!