Blá blá e blá


Eu gosto quando o perfume vai além, quando ele não é só cheiro, mas sim uma experiência olfativa. Tenho mente e nariz abertos, esperando um arrebatamento. Só isso e nada mais.

Sim, porque pra mim perfume é trilha olfativa pessoal (como a trilha sonora de um filme, saca?). Não ligo se a coisa é popular, se é comercial demais, se é barata (ou menos cara), se tem fixação pífia, nada disso. Se a experiência olfativa me agrada, tô dentro!

Também não sou baba-ovo de nicho. Tenho pra mim que muitos do “gênero” são supervalorizados (em todos os aspectos) e caem nas graças do “povo” só porque são nicho, entende? Pra mim, nicho ou não pouco importa, não tem diferença. Meu nariz não sabe quando o perfume é de nicho, só meu cérebro. E quem cafunga é meu nariz, néam?

Enfim, dane-se quem pariu. Guerlain? Britney Spears? Prada? J. Lo? Annick Goutal? Antonio Banderas? Eu quero é ser feliz e cheirosa!

Por que eu tô nesse blá blá blá todo aqui? Sei lá. Deve ser porque ando desgostosa com os rumos da perfumaria atual. Tá difícil algo novo me arrebatar hoje, viu? Quanto mais despejam perfumes no mercado, mais eu corro atrás de coisa “antiga” (lê-se: genuinamente arrebatadora), não por acaso descontinuada (e punk de encontrar, quiçá de receber). Tanta coisa bacana dando adeus. Tanto mais do mesmo sendo lançado. 

E fica aquela coisa meio Paradoxo de Tostines: será que as empresas têm botado na roda perfumes bobinhos porque as pessoas têm preferido assim ou as pessoas têm preferido assim porque as empresas só lançam os bobinhos? Queria saber onde tá o elo perdido, quando e por que isso começou, entende?

Pensando bem, sabe qual é o meu mal? Encarar perfume como experiência olfativa. Por que eu não sou normal como boa parte do mundo, que se perfuma apenas para ficar cheirosinha? Eu sofreria bem menos, viu? Ai, ai, essa vida de perfumólatra não é fácil não.

Comentários

  1. descontinuaram o Midnight Poison, descontinuaram o Moschino Couture (preferi nem comentar) e enquanto isso centenas de eau de chuchu com saida de frutas vermelhas, meio qualquer coisa e fundo baunilha são lançados todos os dias. Perdi toda pouca fé que um dia tive na humanidade.
    (tráaaaaagica... hahahaha)

    ResponderExcluir
  2. Concordo em gênero, número e grau com sua postagem, Vanessíssima.
    O mercado lança perfumes bobinhos, porque sabem que muitos vão comprar.
    Realmente falta ousadia, falta um pouco de retrô e nada mais sábio do que correr atrás do que é raro e descontinuado.

    Parabéns pelo tapa na cara do cenário perfumístico!

    ResponderExcluir
  3. daninha, somos duas inconsoláveis, gata.

    Adriana, ando tão desencantada que tô perdendo o tesão, sabe? Sei lá, ando tristonha. No mais, thanks!

    ResponderExcluir
  4. Ah... mas enquanto os lançamentos não mudam de linha (esperamos que mude, um dia, logo, jááá) ainda existem muitos 'antigões' esperando uma cafungada, não? Eu, pelo menos, ao mesmo tempo em que fico frustrada por não ter tanto acesso e poder conhecer vááários perfumes de uma vez, acho que tem o lado bom de ainda poder viver experiências interessantes por bastante tempo sem ter que recorrer aos eau de chuchu (adorei a expressão! haha!)

    ResponderExcluir
  5. Isabela, o duro é botar o nariz nos antigos aqui nesse Brasil de meu deus. É dificuldade de encontrar, atraso na entrega, taxa abusiva, IOF sem-noção...

    ResponderExcluir
  6. Por falar em taxa abusiva.. recebi hoje um aviso de tributação.. Hypnôse lindinho vai custar a mesma coisa que ter comprado aqui, ou seja, só perdi o tempo de espera, mesmo... Tanta dor no coração nesse momento.

    ResponderExcluir
  7. Isabela, é por isso que só tenho catado fora em último caso. Tenho preferido pagar até uns 60 reais mais caro comprando por aqui mesmo. Nada tem escapado da Receita.

    ResponderExcluir
  8. Tirou as palavras dos meus dedos. É isso aí. Que orgulho de você! Haha... Não, sério. Essas coisas precisavam ser ditas por alguém há bastante tempo.

    ocheirodobrasil.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Amana, precisei desabafar porque tô numa fase que pede. rs

    ResponderExcluir
  10. me contaram que na frança não se pode mais comprar perfume antigo no ebay, parece que eles perderam uma ação da indústria e tiveram que bloquear.

    no mais eu sempre imagino um mesmo torneirão de onde vão saindo os perfumes de todas as marcas.

    ResponderExcluir
  11. Dênis, menino, o que tá acontecendo com a Europa? Primeiro veio o lance no Reino Unido, e agora me chega a França? Medo do futuro (em todos os aspectos).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo? Se joga!
Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais