Cafungada do dia: Ô de Lancôme

Verdade seja dita: não costumo ser fã dos perfumes da Lancôme. Torço o nariz pra todos que conheço dessa grife. Podem me apedrejar. Só não borrifem Lancôme ni mim. Grata. De modos que fui conhecer o Ô. E, bão, pra não fugir à regra, taí mais um do qual não gostei. Saída de limão azedo. Sim, azedo e forte. Parecia que tinha esfregado limão na pele. Produto de limpeza feelings.

Depois de alguns minutos, senti que o limão ficou abafadinho em meio a um leve toque atalcado (
Eau de Shalimar divinamente maravilhoso passou por aqui e mandou beijos!). E aí que o relógio andou mais um pouquinho e o senhor limão se mostrou rodeado de ervas aromáticas mergulhadas no talquinho. Achei estranho, cara. Meio over, sei lá. Não que ele seja horripilante. Longe disso. É que nossos santos não bateram. Enfim, minha pele não ornou com ele. Meu nariz tampouco. Questão de (des)gosto. A propósito, o bicho fixa muuuito!


É, não tem jeito, eu não curto os cítricos. Mas veja bem, eu estou sempre aberta a novos ares. Imagino que um dia irei me deparar com um cítrico do meu agrado. É por isso que não desisto nunca. Sou brasileira, bebê! No mais, sou um ser cafungante. Tá num vidro trabalhadinho e passou na minha frente? Borrifo na pele e enfio o nariz mesmo!


Comentários

  1. ESTE PERFUME DEVE SER MARAVILHOSOOO.



    Visite: http://spraydebeleza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Também acho a Lâncome fraquinha, fraquinha no quesito perfumes.

    ResponderExcluir
  3. lelê, a Lancôme e eu definitivamente não nos damos bem. rs

    ResponderExcluir
  4. Adoro ficar cheirosa, mas meu nariz é chatinho d+,e quase tudo 'desanda' na minha pele q é quente e suarenta, q problema viu!
    Achei o Ô Dazur muuuito frutal adocicado no início,(e eu consigo usar alguns frutais, como o I Love Love)-- depois 'Ô' sossega, e fica beemm amadeirado em mim.
    No inverno, e somente debaixo da nuvem(sem borrifar em mim jamais), ele se comporta bem melhor, e dá um ar de sofistic. Mas tem q ser só de vez em qdo, porque meu nariz não deixa!
    Te pedi sugestões de perfume conforto-refresco no calor no link do Essence Narciso, bjus!
    Tô no aguardo, bjus!

    ResponderExcluir
  5. Suely, em mim o Ô desanda bonito. Nunca pensei que no inverno ele funcionasse. Fiquei até curiosa agora. Testarei!

    ResponderExcluir
  6. Van, me identifiquei muito aqui. Também não consigo gostar de cítricos, já tentei, para ser "cool", mas sinto muito: minha praia é dos densos e orientais. Até hoje, não dei sorte com os poucos Lancôme que conheço: Magnifique, Hypnose nem fêmea nem macho, Miracle e La vie est belle (chega de praline, meu Deus!). Entretanto, há exceções: desejo ardentemente possuir um Poême e um Cuir de Russie (olha a língua sendo mordida com o couro que lhe falei que não gostava, rs). Para terminar, namorei por meses a fio "o difícil de achar" Magie noire, até achá-lo no Chile e....continua vivendo por lá, obrigado. Uma tormenta floral interminável e nauseante com couro e muito, mas muito sabão que teima em sair da pele. Detestei. Abs!

    ResponderExcluir
  7. Errata: Cuir de Lancome, já que estamos falando de Lancome. Cuir de Russie fica noutro departamento, rs..

    ResponderExcluir
  8. Ubiratan, eu também tentei ser legal e não consegui. rs Nada de cítricos pra mim (com três exceções que nem posso chamar de cítricas de fato: Green Tea, da Elizabeth Arden, que tem mais chá verde do que citrinos; Verbena e Menta, da L`Occitane, que me traz bastante almíscar e hortelã; e Mugler Cologne, do Thierry, que é fica um floral ultra fresco na minha pele). Tem jeito não, sou grande fã é dos florais e dos talcos. E da Lancôme só fico no Miracle mesmo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo? Se joga!
Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais