Que perfume era aquele? Agora eu sei!

Admito que sofro de um certo grau de idiotice crônica. Sou incapaz de parar alguém na rua pra perguntar que perfume delicioso é aquele que a criatura em questão está usando. Bobice, né? Pior que eu sofro tanto depois. E como sofro! Fico com aquele cheiro na cabeça (e no nariz), querendo saber qual fragrância era.

Outro dia passei ao lado de um rapaz com um cheirinho sublime de bombom. Segui adiante imbecilmente como se eu não tivesse olfato. Queria aquele perfume pra mim. Mas a vergonha falou mais alto.

Há alguns anos, voltando da academia, topei com uma moça saindo de um pet shop, exalando um aroma magnífico e sensacional. Fiquei com aquilo pra mim, congelei o momento, sonhando um dia em encontrar aquele perfume. Sim, ele mexeu comigo.

Perdida e sem saber por onde começar, saí feito louca cafungando trocentos frascos nas perfumarias em busca do dito cujo. Experimenta chegar na perfumaria e perguntar por um perfume fresco, delicado, confortável, intimista, perfeito para dias frios e com um fundinho beeeeem leve de talquinho de bebê! Experimenta! A vendedora vai te mostrar cada coisa absurda...

Cheguei a ficar com ódio da minha pessoa. Custava eu ter parado a mulher e perguntado? Custava! De modo que a lembrança daquele perfume me perseguiu durante muito tempo. E como perseguiu. Até ontem.

Estimulada por comentários animadores sobre o BLV Notte, da Bulgari, catei uma miniatura na Fragrancex em maio. A idéia era matar minha curiosidade e conhecer o bichinho, já que ele é raridade aqui na roça. Depois da espera, ontem o pacotinho aportou em casa. Quase tive um treco quando apliquei um pouco do perfume na mão. Gente, é sério! Quase revirei os olhos e cai pra trás. Era AQUELE, o próprio, ele mesmo, o da moça do pet shop. Senti como se tivesse ganhado na loteria.

Com notas de galanga, mandarina, bergamota, gengibre, vodka, acácia, flores de tabaco, íris, âmbar, incenso e chocolate escuro, o BLV Notte ficou exatamente assim em mim: fresco, delicado, confortável, intimista, perfeito para dias frios e com um fundinho beeeeem leve de talquinho de bebê. Enfim, igual ao da moça do pet shop - e diferente do que rolou com algumas pessoas segundo eu li por aí (nelas, a vodka ficou evidente e incomodou). Até meu marido, desligado/avesso pra essa coisa toda de cheiros, comentou (“hummm, que perfume bom” foram as sábias palavras dele).

PS: Agora que “descobri” a Bulgari, estou curiosíssima pra conhecer o Jasmin Noir, o Omnia Crystalline e o Omnia Amethyste.

Mais sobre o BLV Notte aqui.


Comentários

  1. louca por adquirir o notte.
    já o jasmin noir tive oportunidade de conhecer por amostra, e é beeem jasmínico-puro e exalante, bem noturno, e deu uma pontada de dor de cabeça,enxaqueca avisando que não devo ousar... não aguento muito jasmin de uma só vez. Doce. me lembrou um pouco também a flor dama-da-noite. mas não sei se é paranóia minha...

    ResponderExcluir
  2. Daniela, Blv Notte é vida! Top 5 com louvor!

    Ainda não cafunguei o Jasmin Noir, acredita? Mas se você disse que a enxaqueca grita, melhor eu ficar longe. Enxaqueca é meu sobrenome. rs

    ResponderExcluir
  3. Não tinha visto essa resenha ainda, agora eu quero um desse também. kkk

    ResponderExcluir
  4. Helen, sou suspeita. Esse é um dos meus preferidos.

    ResponderExcluir
  5. Post antigo, mas te achei no google, procurando basicamente por perfume fresco, delicado, confortável, intimista! Rs
    Fiquei curiosíssima para conhecer o Blv Notte!!
    Uso o Omnia Amethyste e ele é, sem dúvida, entre Pradas, Chanels, Versaces e etc, o mais divino e... único!
    Imagino que já tenha experimentado, mas se não, tenho certeza que irá amar!

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  6. Luciana, o Blv Notte é uma tetéia de perfume, viu? Um dos meus preferidos.
    Já cafunguei o Amethyste há bastante tempo e quase não lembro dele, mas sei que curti. Preciso cafungar de novo.

    ResponderExcluir
  7. Vanzinha do meu coração!!!!
    depois que vc colocou esse bvlgari notte aqui, lá pelos idos de 2010 (sim sou sua fan faz tempo), shalimão eu também te copiei.
    Como eu estava com um lote meio grande de perfumes pra gastar...tipo uns 25, eu deixei esse desejo do Notte pra depois.
    Então, sempre com ele na cabeça, e esta semana finalmente realizei meu desejo. E.....
    VOCÊ É MÁGICA PRA DESCREVER PERFUME.
    AMEI DE PAIXÃO, muito bom mesmo, excelente, leve, suave, clean, chique, docinho discreto, dá pra sentir a vodka, mas o negócio é inebriante, confortável, pena que a fixação não seja das melhores, MAS QUE PERFUME!!!!!

    Obrigada por compartilhar suas cafungadas!!!!!

    beijos
    Dani

    ResponderExcluir
  8. Dani, ele não é tudo de bom? Eu disse! Eu disse! Eu disse! Que bom que você curtiu a vibe dele! É um dos meus perfumes preferidos até hoje!

    ResponderExcluir
  9. sei que o post é antigo, mas preciso agradecer por essa resenha, pois encontrei o cheiro da minha vida (ou melhor, o cheiro que vai dividir o posto de cheiro da minha vida junto com o burberry touch men).
    Ele é tudo e muito mais. Amei, estou in love, e se pudesse casava com o BLV hahahah
    Amo seus posts. Já li seu blog inteiro!! Parabéns

    ResponderExcluir
  10. Jacqueline, que legal! Mas olha só, estoca ele, viu? Ele foi descontinuado. Pois é, tô arrasada com isso.

    ResponderExcluir
  11. Van... meu BVLGARI NOTTE está nas últimas gotas... o que eu faço?
    não acho em lugar nenhum...

    ResponderExcluir
  12. Dani, menina, eu nem uso mais o meu de tanto medo.

    ResponderExcluir
  13. Ainda não sei o motivo de fazerem essa barbaridade com as amantes do BLV. Tiraram meu cheiro de fabricação. Alguém conhece algum perfume parecido?

    ResponderExcluir
  14. Monique, nem me fale. Até hoje não achei nada parecido.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Bora comentar aqui embaixo? Se joga!
Com classe, por favor!

arquivo do blog

Mostrar mais